tn_Guarda-Civil-inicia-campanh

 

Nesta terça, 12 guardas fizeram doação e, até o fim da semana, toda a corporação foi orientada a ir ao Banco de Sangue Santa Teresa 

 

A Guarda Civil iniciou nesta terça-feira (14.02) uma campanha de doação ao banco de sangue do Hospital Santa Teresa. Pela manhã, 12 guardas compareceram ao local para reforçar o estoque com vistas ao Carnaval. Toda a corporação, composta por 226 homens, foi orientada a ir doar, distribuída em pequenos grupos, até o final da semana.

tn_20170214_095932

A ideia partiu dos próprios guardas, preocupados com a proximidade da maior festa popular do país. De acordo com o banco de sangue, a demanda aumentou em média 30%  nesse período nos últimos anos.

 

“Um dos nossos guardas trouxe a ideia e nós abraçamos de imediato. Vamos nos revezar em pequenos grupos ao longo da semana para que todos os guardas que puderem doar possam vir tranquilamente”, disse o chefe da corporação, Jeferson Calomeni.

 

Para conseguir atender a necessidade, o banco precisa de uma média de 80 a 90 doações por dia, mas atualmente, tem recebido entre 50 e 65 pessoas diariamente.

 

“A gente precisa sempre se programar em períodos como o Carnaval por que extrapola a demanda. Por isso que campanhas como essa da Guarda são importantes, para a gente não ficar com déficit e atender tudo que é solicitado”, explicou o captador do banco de sangue, Rodrigo Moreira.

 

Para doar é preciso ter mais de 18 anos e pesar acima de 50 kg. As únicas restrições são a diabéticos e pessoas que fizeram tatuagem ou colocaram piercing há menos de um ano. A recomendação é que o doador esteja descansado e tenha se alimentado (ao contrário de quando se faz exame de sangue, em que é necessário fazer jejum) – no entanto, deve evitar derivados de leite e alimentos gordurosos horas antes.

 

Coordenadoria de Comunicação Social
Prefeitura Municipal de Petrópolis