tn_Números e ações da SaúdeA Câmara de Vereadores recebeu ontem (27) a Audiência Pública que avaliou o Relatório de Gestão de Saúde referente ao terceiro quadrimestre de 2013. O vereador Silmar Fortes(PMDB), presidente da Comissão em Defesa da Saúde,conduziu a sessão plenária.

Muitos servidores públicos e demais representantes da sociedade civil, que trabalham na área da saúde, participaram ativamente do evento. Também estavam presentes o secretário de Saúde, André Pombo e técnicos da secretaria, além davereadora Gilda Beatriz (PMDB) e os vereadores Anderson Juliano (PT), Roni Medeiros (PTB) e Ronaldo Ramos (PROS).

A reunião teve início com a apresentação de dados dos últimos quatro meses e alguns números totais do ano passado. Alguns tópicos chamaram a atenção, como a divisão do financiamento por parte das esferas federal, estadual e municipal e o quantitativo aplicado no setor.

Do total dos repasses, a União é responsável por 43,67% e o Estado arca com 6%. A outra metade é custeada pelo município. Dentro deste patamar, o investimento total na saúde em Petrópolis alcançou 32,18%, de acordo com as informações repassadas pelos técnicos da Secretaria de Saúde durante a audiência.

Outro ponto abordado foi o repasse feito pelo município para as unidades hospitalares. A maior fatia fica com o Hospital Santa Teresa, com 29,24% e o Hospital Alcides Carneiro, por intermédio do SEHAC, com 25,38%. O SOC vem logo atrás com 13%.

O vereador Silmar Fortes (PMDB) destacou que o próximo relatório deverá ser entregue com brevidade e pactuou com o secretário de Saúde, André Pombo, uma reunião antes da próxima Audiência Pública.

“Temos que ter acesso ao relatório com maior brevidade para debruçarmos e analisarmos com mais calma os números e dados que são apresentados pela secretaria. São muitas informações e precisamos de pelo menos uma semana para que a avaliação seja feitacom isenção. Com isso, poderemos ampliar o debate de forma propositiva”, disse o vereador Silmar Fortes.

O secretário André Pombo mostrou aos presentes um raio-x da rede, com dados sobre a produção de cada unidade hospitalar, as obras que estão ocorrendo no HMNSE e no HAC. Também prestou conta sobre a produção ambulatorial, a situação das clínicas médicas e o andamento das cirurgias de cataratas.

O secretário também informou que está em fase de credenciamento mais cinco leitos de UTI para Hospital Clínico de Corrêas e dois de Pré-Natal para o HAC.

O evento terminou por volta das 22h e o vereador Silmar Fortes destacou a importância do encontro para a cidade. “O debate de ideias fortalece o sistema de saúde de Petrópolis. Muita coisa ainda precisa evoluir, mas estamos aqui para defender, principalmente, o cidadão petropolitano e usuário da rede pública”.

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação