tn_Prefeito e Tenente Coronel Simão

O prefeito Rubens Bomtempo e o secretário de Proteção e Defesa Civil, Rafael Simão, viajam para o Japão no próximo sábado (22/2) para uma série de cursos e palestrassobre redução de riscos de desastres naturais. A viagem faz parte do convênio iniciado em outubro entre o governo federal e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica) para a prevenção de tragédias em Petrópolis, Nova Friburgo e Blumenau (SC). Durante 14 dias, Bomtempo e Simão conhecerão o sistema de alerta e alarme, os radares, o instituto meteorológico e o mapeamento das áreas de risco do Japão, um dos países mais experientes nestas áreas. A ideia é trazer informações que deixem Petrópolis cada vez mais segura e preparada para enfrentar desastres naturais.
Neste período, o vice-prefeito Luiz Fernando Vaz assumirá o comando do município. Já a Secretaria de Proteção e Defesa Civil será comandada pelo atual chefe de gabinete e diretor operacional da pasta, tenente-coronel Ramon Camilo. Eles já receberam as orientações necessárias para que os projetos da Prefeitura e da Defesa Civil não sejam interrompidos nessas duas semanas. O Comitê de Ações Emergenciais deverá se reunir no início de março.
Bomtempo e Rafael Simão voltarão no dia 8 de março. Também participarão da série de eventos no Japão os prefeitos e os secretários de Defesa Civil de Nova Friburgo e de Blumenau. A programação foi organizada pela Jica e inclui atividades em Tóquio, Hiroshima e Kyoto.
“Vamos sair ganhando com essa troca de experiências. Por meio do convênio com a Jica, já recebemos diversos técnicos japoneses e participamos de seminários e simpósios em Brasília. Quanto mais capacitados estivermos, melhor para Petrópolis, que ficará, assim, mais segura”, disse o prefeito Rubens Bomtempo. Rafael Simão lembrou que o período no Japão também contribuirá para um melhor entendimento das leis naquele país. “Teremos à legislação do Japão no que se refere a desastres e poderemos trazer essa expertise para Petrópolis”, disse Rafael Simão.
Na tarde desta quinta-feira, o prefeito não só oficiou a Câmara Municipal sobre sua viagem como também esteve pessoalmente na sessão plenária, ontem, explicando as razões que os levarão a se ausentar da cidade. “Agradecemos a consideração e o respeito que o prefeito tem por essa casa e esperamos que a experiência seja proveitosa e que traga benefícios para a cidade”, declarou o presidente da Câmara, o vereador Paulo Igor.
O prefeito também comunicará oficialmente o governador Sérgio Cabral e o secretário estadual de Defesa Civil, Sérgio Simões, sobre a viagem.
Assinado em outubro em Brasília, o convênio entre o governo brasileiro e a Jica tem duração de quatro anos. Técnicos japoneses já estiveram em Petrópolis nos últimos meses para conheceras principais áreas de risco do município. Os objetivos da parceria são o fortalecimento da cultura de prevenção em Petrópolis e o compartilhamento, entre os dois países, de experiências e tecnologias de monitoramento, prevenção e alerta. Em junho e em dezembro, três técnicos da Prefeitura irão para o Japão participar de cursos de capacitação da Jica. Ao fim dos quatro anos do convênio, serão produzidos manuais com orientações para planejamento urbano, reconstrução de áreas atingidas por desastres naturais e emissão de alertas preventivos.

Ascom PMP