tn_aniversário-2-(3)
Os 172 anos de fundação de Petrópolis foram comemorados com uma grande festa promovida pela Prefeitura. A programação teve início com uma missa de ação de graças na Catedral São Pedro de Alcântara. Em seguida, o prefeito Rubens Bomtempo participou de solenidade e depositou flores nos monumentos do Major Frederico Koeler (na Praça Princesa Isabel) e do Imperador Dom Pedro II (na Praça Dom Pedro). Perto do meio-dia foi o prefeito seguiu, acompanhado de familiares, para a Praça da Liberdade, onde se juntou à população para o tradicional Parabéns, com direito a bolo personalizado. Durante todo o dia a praça foi palco de atividades culturais e esportivas.
“Este é um momento de alegria para Petrópolis. É um momento de reverências aos nossos antepassados, à nossa história, com homenagens a dois grandes homens – o Major Koeler, o engenheiro e arquiteto de Petrópolis, e o Imperador Dom Pedro II, nosso fundador e mentor político – mas também de homenagens ao nosso povo. É ele quem está escrevendo as novas páginas da história da cidade”, disse o prefeito, que prestou homenagens ao presidente do Instituto Histórico de Petrópolis (IHP), Luiz Carlos Gomes, e ao representante da Família Real Dom Francisco de Orleans e Bragança. “Agradecemos ao IHP por ser a guardião da história de Petrópolis e a Dom Francisco pela importância da família real para a memória da nossa cidade”.
A missa de ação de graças celebrada pelo bispo diocesano Dom Gregório Paixão contou com participação do Coral Dó Ré Mi e o Coral Municipal de Petrópolis. Após a missa, a Banda Marcial Wolney Aguiar e grupos folclóricos alemães fizeram apresentações em frente à Catedral São Pedro de Alcântara. A Banda do 32º Batalhão de Infantaria Leve também participou das homenagens, tocando o Hino de Petrópolis.
O ponto alto da festa aconteceu na Praça da Liberdade, onde o prefeito Rubens Bomtempo, ao lado da secretária Chefe de Gabinete e primeira dama, Luciane Bomtempo, cantaram o parabéns e cortaram o bolo, feito com massa branca e recheio de doce de leite. Medindo dois metros de comprimento por 1m20 de largura (o que equivale a 28 tabuleiros grandes), o bolo consumiu 37,5 quilos de farinha de trigo e levou m dia e meio para ficar pronto.
Moradora do Morin, Eliane de Fátima Luiz aproveitou o dia de sol para celebrar o aniversário da cidade na Praça da Liberdade. “A festa está maravilhosa! Já dançamos, brincamos e agora estamos comendo o bolo”, disse, ao lado de familiares. “Estou gostando muito, tem bastante atividade”, contou a sobrinha Alice Iglesias.
Na Praça da Liberdade foram montadas barracas de artesanato do projeto Economia Solidária e espaços com atividades culturais e esportivas. Havia tênis de mesa, xadrez, muro de escalada e aula de zumba, além de recreação infantil. Equipes também distribuíram mudas de árvores nativas da Mata Atlântica.
A comemoração ainda foi além, incluindo o chef de cozinha Antonio Lo Presti. Ele, que é um dos grandes nomes da gastronomia da cidade, colocou a mão na massa em uma tenda para preparar um almoço de aniversário.

Ascom PMP